O Paraná Clube não teve uma boa atuação nessa terça-feira (dia 7) à noite e apenas empatou em 0 a 0 com o Atlético-GO, pela sétima rodada da Série B. Com o resultado, o time paranaense ficou em 11º lugar, com 10 pontos. A equipe goaina segue na vice-liderança, com 16 pontos.

Esse foi o terceiro empate consecutivo do Paraná – antes ficou no 0 a 0 com o Vila Nova e no 1 a 1 com o Londrina. O time paranaense completou seis jogos seguidos sem perder. A última derrota foi para a Chapecoense, pela Copa do Brasil, em 18 de maio.

O técnico Claudinei Oliveira completou 26 jogos no Paraná em 2016, agora com 12 vitórias, 8 empates e 6 derrotas.

No total dos 90 minutos, o Paraná teve 56% de posse de bola, 10 finalizações (2 certas), 87% de precisão nos passes e 4 escanteios. O Atlético-GO somou 9 finalizações (2 certas), 86% nos passes e 11 escanteios.

Na partida, o Paraná não tinha Nadson, Jean e Rafael Carioca, todos em recuperação, além de Robson, suspenso. O técnico Claudinei Oliveira armou o time no 4-2-3-1. A linha de três meias ofensivos tinah Diego Tavares, Válber e Marcelinho.

O primeiro tempo teve domínio do Atlético-GO, que jogava avançado e apostava tudo nas jogadas pelos lados (Romário pela esquerda e Magno Cruz pela direita). A principal arma era o cruzamento para o cabeceador Junior Viçosa. Com essa estratégia, o time goiano incomodou, mas não chegou a criar grandes chances de gol. O Paraná ficou recuado e tentou contra-ataques. Mas errou demais no momentos dos lançamentos e passes em profundidade.

No intervalo, o Paraná fez duas trocas. Saíram o meia Válber e o volante Anderson Uchoa, ambos lesionados. Entraram o meia Murilo Rangel e o centroavante Robert. Diego Tavares foi para a lateral-direita. E Leandro Silva virou volante. O time ficou no 4-4-2, com Lúcio Flavio e Robert na frente. E Murilo Rangel e Marcelinho como meias ofensivos pelos lados.

A nova estratégia equilibrou o jogo. O Paraná passou a criar chances, mas também ficou vulnerável nos contra-ataques.

Aos 35, Lucas Otávio saiu lesionado. Entrou Basso, que ficou como volante.

PARANÁ 0 x 0 ATLÉTICO-GO
Paraná: Marcos; Leandro Silva, Pitty, João Paulo e Fernandes; Lucas Otávio (Basso), Anderson Uchoa (Robert), Diego Tavares, Válber (Murilo Rangel) e Marcelinho; Lúcio Flávio. Técnico: Claudinei Oliveira
Atlético-GO: Marcão; Matheus Ribeiro, Marllon, Lino e Romário; William Schuster, Pedro Bambu, Magno Cruz e Luiz Fernando (Bruno Barra); Gilsinho (Jorginho) e Júnior Viçosa. Técnico: Marcelo Cabo
Cartões amarelos: Matheus Ribeiro, Magno Cruz, Romário, Jorginho (A). Marcelinho e Murilo Rangel (P).
Árbitro: Igor Junio Benevenuto-MG
Público: 6.046 pagantes
Renda: R$ 66.320,00
Local: Vila Capanema

Related Posts

Facebook Comments