O Operário Ferroviário venceu a Portuguesa Londrinense na manhã deste
domingo (21) pela sexta rodada da Taça Federação Paranaense de Futebol.
A partida aconteceu no Estádio do Café em Londrina e terminou com o
placar de 9 a 0 para o Fantasma. Essa foi a maior goleada da história do
time de Vila Oficinas.

O resultado classifica de forma antecipada o time para as semifinais da
competição. O Operário segue invicto, e com a vitória deste domingo
chegou aos 13 pontos e não pode mais ser alcançado. A equipe enfrenta no
próximo domingo (28) o Apucarana no Germano Kruger pela última rodada da
primeira fase apenas para cumprir tabela.

O primeiro gol do Operário foi anotado por Chico aos 9 minutos da
primeira etapa, foi também o primeiro gol dele com a camisa alvinegra.

Raí Ramos marcou o segundo aos 27 minutos em cobrança de pênalti. E
Thales em um belo chute fechou o placar da primeira etapa em 3 a 0, aos
43 minutos.

No segundo tempo, a vantagem foi ampliada. Logo aos 10 minutos, foi a
vez de William Daltro deixar a sua marca após jogada iniciada em
cobrança de falta. Alguns minutos depois do quarto gol, aos 16, o
volante Thales marcou o seu segundo gol na partida, era o quinto do
Fantasma.

O sexto gol foi de Vandinho aos 21 minutos, ele tinha recém entrado na
partida e em sua primeira jogada marcou mais um tento para o Operário.

Em mais uma cobrança de pênalti, Marcinho marcou o sétimo aos 25 minutos
da etapa complementar. Vandinho fez o oitavo e Cristian, logo em
seguida, fez o novo gol, dando assim números finais ao confronto.

Ficha Técnica:
Portuguesa Londrinense: Matheus; Deivid, Gustavo, Marcato e Vitor;
Rondonópolis, Iuri, Vinícius, Luquinha; Toni e Iago. Técnico: Canário.

Operário: Simão; Raí Ramos, Dipão, Alisson e Acácio (Cristian); Willian,
Thales, Dione (Paulinho) e Marcinho; Jean Carlo e Chico (Vandinho).
Técnico: Gerson Gusmão.

Local: Estádio do Café, Londrina (PR).
Público Pagante: 40
Público Total: 65
Renda: R$ 375

Arbitragem da partida:
Árbitro: Rodrigo Milani Rosin
Assistente 1: Marco Aurélio do Amaral
Assistente 2: Paulo Gustavo Rivelini
Quarto árbitro: Alex Eduardo Gimenes Osti

Related Posts

Facebook Comments