Ginasta da Sadia participa de seletiva para Gymnasiade

A atleta Karine Walter, da equipe juvenil de ginástica rítmica da Sadia, será uma das representantes do estado na seletiva para a Gymnasiade, uma competição nacional que reúne atletas de várias escolas em diferentes modalidades. Quatro representantes por estado foram convocadas para a seletiva, de 10 a 14 de maio, em Belo Horizonte, Minas Gerais. Assim como as Olimpíadas, a Gymnasiade acontece a cada quatro anos. Ela é organizada Federação Internacional do Desporto Escolar (ISF ) e é considerado o maior campeonato do desporto escolar mundial, reunindo milhares de atletas escolares. Além de fomentar o esporte, a competição proporciona aos jovens atletas a integração cultural.

Em 2013, pela primeira vez a Gymnasiade, foi realizada no Brasil, tendo como sede o Distrito Federal. Cerca de 2 mil atletas de 30 países competiram em 8 modalidades esportivas. Este ano, a competição será em Trazbon, na Turquia, de 11 a 18 de julho, nas modalidades de atletismo, ginástica aeróbica, ginástica artística, ginástica rítmica, judô, karatê, natação e xadrez, tanto no masculino como no feminino. Na ginástica rítmica serão selecionadas quatro atletas por país para participar da competição na Turquia. Podem participar atletas nascidos de 2000 a 2002.

“Foram convidadas para participar da seletiva as quatro melhores atletas do Paraná que atendem os critérios da competição e a Karine está entre elas. Ela treinou bastante e estamos apostando que ela vai estar entre as quatro representantes brasileiras na competição na Turquia”, destaca a técnica Gracieli Morais, que acompanhou a ginasta nesta segunda-feira, 9, a Maringá. Ela se juntaria as demais representantes do estado para seguir à noite para Belo Horizonte. “Vamos brigar pela vaga”, acrescentou a técnica, ressaltando que a ginasta está treinando desde o início do ano e participou de duas competições importantes neste ano.

A ginasta esteve em Lisboa, Portugal, e em Kalamatas, na Grécia, onde classificou-se para as finais em todos os aparelhos. Segundo a técnica, o trabalho que está sendo feito em Toledo é para que a atleta esteja no seu auge no Campeonato Brasileiro Juvenil, principal competição da categoria, mas acredita que com o tempo de treino atual será possível trazer um bom resultado. “É importante que ela esteja tranquila e faça o que tem demonstrado nos treinos”, acrescentou.

O projeto de Ginástica Rítmica de Toledo, com 26 anos de atuação no município, é patrocinado pela Sadia, conta com as parceiras do Sesi, prefeitura de Toledo,  apoio da Unimed e  com o co–patrocínio de O Boticário, Sanepar e Prati-Donaduzzi, através de recursos  obtidos pela da Lei de Incentivo ao Esporte do Ministério do Esporte/Governo Federal.

Related Posts

Facebook Comments