Sem bola rolando

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) definirá só depois do carnaval a nova data para a partida entre Paraná e Bahia, que aconteceria neste sábado (25), às 16h30, na Vila Capanema, pela Copa do Brasil.

A possibilidade é que seja remarcada para o dia 8 ou 9 de março (quarta ou quinta-feira), quando se inicia a 3.ª fase da competição. O torcedor que já havia comprado o ingresso pode receber o dinheiro de volta ou usar o bilhete no futuro confronto (leia mais).

O jogo já estava adiado devido a problemas enfrentados por parte da delegação baiana (leia mais), com a CBF anunciando logo pela manhã a transferência do duelo para este domingo (26), às 15h, no mesmo local.

O próprio Bahia já havia noticiado a mudança, mas a diretoria do Tricolor paranaense se manifestou contrária à decisão, alegando que parte da equipe rival já estava em Curitiba e que teria condições de jogo. Porém, pouco depois, acabaria acatando a determinação da entidade.

Coube a Polícia Militar inviabilizar a realização do confronto para este domingo. A órgão teria alegado não ter condições de atender ao mesmo tempo os eventos de carnaval no centro da cidade e a partida no estádio Durival Britto e Silva, que exige policiamento não só no estádio e em seu entorno como também em terminais de ônibus e locais tradicionais de riscos envolvendo torcidas.

Até o momento a PM não emitiu um posicionamento oficial sobre assunto, contudo informações preliminares dão conta de que o Comando-geral enviou um ofício ao Paraná informando sobre a impossibilidade de deslocar para domingo o mesmo efetivo programado para a partida deste sábado.

Assim a CBF, com a postura inicial do Tricolor da Vila e o posicionamento da PM, achou por bem transferir o jogo e marcar uma nova data até a próxima quinta-feira.

Ingressos

Em nota oficial, o Paraná diz apenas que aguardará a definição da nova data. No documento, o clube diz que “os ingressos vendidos antecipadamente serão válidos para a partida em questão, quando da sua realização. Porém, os torcedores que assim desejarem poderão reaver o dinheiro, na sede da Kennedy, a partir da próxima sexta-feira (3 )”.

Atraso baiano

O motivo que levou a todo esse impasse foi o fato de parte da delegação do Bahia (12 jogadores) ter chegado a Curitiba apenas no fim da manhã deste sábado, depois que fortes chuvas atingiram São Paulo e fecharam o aeroporto de Guarulhos, desviando o voo para Viracopos.

O grupo, então, acabou seguindo viagem de ônibus até a capital paranaense, chegando no fim da manhã.

A outra parte do time, incluindo o técnico Guto Ferreria, saiu de Salvador mais cedo, em outra aeronave, e desembarcou em Curitiba ainda na noite desta sexta-feira (24).

Sem tempo hábil para os atletas terem condição de jogo, a partida foi adiada conforme prevê o Artigo 21 do Regulamento Geral das Competições (RGC), diz a entidade.

O jogo vale pela segunda fase da Copa do Brasil e é decisivo. Nesta fase, não há vantagem para nenhum clube. Caso o jogo termine em empate, a decisão vai para os pênaltis.

Agora, o Bahia deverá voltar a Salvador até o novo pronunciamento por parte da CBF. O time de Salvador chegou à segunda fase da competição após passar pelo Sergipe na estreia, fora de casa, por 2 a 0. Já o Paraná eliminou o São Bento com empate por 1 a 1, no interior de São Paulo.

Primeira Liga

O Tricolor da Vila volta a campo nesta quinta-feira (2/3) para encarar o Figueirense, às 19h15, na Vila Capanema. Em segundo no grupo D, com 3 pontos (o líder é o Londrina, com 6), o time de Wagner Lopes precisa vencer para assegurar a vaga à próxima fase. Se empatar, terá de torcer contra o Figueira no clássico com o Avaí, em duelo marcado para 22/3.

About the Author

Osires Nadal Júnior

Locução em autódromo, estádio, rádio, tv, palestra, cerimonial, formatura. Pauteiro, reporter, produtor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *