Virada espetacular garante invencibilidade do Campo Mourão no LNB

Osires Nadal Júnior

Para chegar à terceira vitória e se manter invicto na Liga Ouro 2016, o Campo Mourão Basquete venceu uma partida para lá de eletrizante na noite desta quinta-feira (10/03). Com uma virada incrível, o time paranaense tirou uma desvantagem de sete pontos no minuto final e venceu o Ginástico/Olympico, fora de casa, pelo placar de 75 a 73.

Virada sinistra: Restando pouco mais de um minuto para o fim, o Ginástico abriu sete pontos de frente após cravada de Alírio (73 a 66). Só que Campo Mourão não se entregou e virou o jogo. Com três bolas de três seguidas, nas mãos de Leandro, Ted e Leon Sutton, além de duas ótimas defesas, a equipe visitante virou e conquistou a eletrizante vitória.

Game winner: O arremesso que garantiu a vitória paranaense saiu das mãos de Leon Sutton. Com menos de um segundo para o fim do confronto, o norte-americano recebeu passe de seu compatriota Milton Garner e acertou sua terceira bola de três pontos no jogo para garantir o dramático triunfo a sua equipe.

Fala aí: “Eu tinha acabado de errar um arremesso, mas o Emerson (técnico) falou para eu ficar com a cabeça no lugar. Roubamos a bola e meu parceiro Milton me deixou em ótima posição para arremessar. Estou muito feliz com essa vitória e por ter conseguido ajudar o time da melhor maneira possível”, disse o “herói” Sutton.

Leon Sutton e Milton Garner, do Campo Mourão

Leon Sutton e Milton Garner, do Campo Mourão (Luiz Pires/LNB)

Faro de cesta: Mostrando grande repertório, o ala/armador Milton Garner foi o cestinha do time paranaense, com 19 pontos. O norte-americano segue como principal pontuador da Liga Ouro 2016, agora com média de 20 pontos por jogo.

Põe na conta: Depois de duas vitórias em casa, o Campo Mourão estreou como visitante com mais um triunfo e segue isolado na ponta da tabela de classificação com 100% de aproveitamento. Já o Ginástico sofreu seu segundo revés em três partidas disputadas na competição.

Bem que tentou: Em grande noite, o ala/pivô Fabrício foi o grande destaque individual do Ginástico e deixou a quadra com um duplo-duplo na conta, 21 pontos e 11 rebotes.

Moleque atrevido: Vindo do banco de reservas, o garoto Alef, do Ginástico, teve grande participação na vitória mineira. Sem errar nenhum arremesso, o ala/armador, de apenas 20 anos, anotou 12 pontos (6/6 nos tiros de dois pontos) e ainda teve ótimo desempenho na defesa.

E agora? Na sequência da competição, as duas equipes voltarão a se enfrentar no próximo sábado, às 17 horas (de Brasília), novamente no ginásio do Olympico Club, em Belo Horizonte.

Osires Nadal Júnior

Locução em autódromo, estádio, rádio, tv, palestra, cerimonial, formatura. Pauteiro, repórter, produtor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

0 Comentários
voltar ao topo