Desfalcados de cinco jogadores importantes o Calçados Catarinense/ Alegra Foods/ Caramuru Futsal voltou de Toledo na madrugada de domingo (3) com mais três pontos na tabela. Isso porque venceu pelo placar de 3 a 2 o Argamassa/Toledo Futsal.

No primeiro tempo o alvinegro castrense estava comandando a partida, não deixando os donos da casa jogar e conseguindo bons contra-ataques, porém em uma jogada individual, um erro resultou no primeiro gol para o Toledo, com o ala Papão.

O jogo seguiu e as oportunidade aconteciam a toda hora. Com a entrada do castrense Juninho na partida a movimentação do jogo aumentou ainda mais. E, em uma das chances em jogada de bola parada, Jonas chutou em direção a Léo Costa que, nem pensou e mirou no gol. A bola desviou no jogador do Toledo e para a felicidade castrense entrou nas redes do goleiro Douglas.

Nesse momento o jogo estava tão ‘pegado’ que Toledo estourou em falta, enquanto o Caramuru anotava sua quarta penalidade. O técnico Rogerio Pruencio, Soneca pediu tempo e, durante o pequeno intervalo aconselhou a jogadores e ‘subirem’, induzindo a sexta falta em desfavor do adversário.

Foi então que Lisa entrou e seguindo as ordens do comandante Soneca, sofreu falta, porém, Léo Rumenigue cobrou e o goleiro Douglas defendeu. Dizem as más línguas que o goleiro se adiantou durante a cobrança, mas se o juiz não pediu para voltar, nada poderia ser feito, a não ser continuar com a bola rolando.

A primeira etapa foi movimentada, chutes do ala Leandro não entravam, jogadas ensaiada com Jonas não adiantavam e finalizações não resultavam em gols. Como se não bastasse o pivô Willians ainda levou cartão amarelo.

No segundo tempo Castro voltou com uma postura diferente, marcação mais pesada e jogando com mais inteligência. A nova postura resultou em gol do ala Maikinho, com assistência de Léo Costa, que abriu o placar ‘tranquilizando o jogo’. Depois disso, o goleiro do Caramuru João Paulo salvou a equipe representando mais uma vez as cores do alvinegro.

Falando em representar, não se pode deixar de citar a importância de Léo Costa durante toda a partida, e foi com ele que o jogo terminou e que o apito final do juiz deu a vitória para o Caramuru.

O ala aproveitou a chance de um dos erros do Toledo e marcou o segundo dele no Paranaense. Fazendo com que a volta da delegação castrense para casa fosse de alegria.

 

Lisa no hospital

Depois de ter contemplado o Caramuru sofrendo a sexta falta durante o primeiro tempo, Lisa se machucou sério. Ele caiu sobre o ombro e precisou ser retirado do jogo. No vestiário, de acordo com o supervisor Emerson Pilati, Garfinho, estava reclamando de muita dor e precisou ir para um Pronto Atendimento da cidade.

Conforme a diretoria, ele passou por alguns exames e tomou uma injeção para amenizar a dor.

O atleta retornou para casa e deve passar pelo Departamento Médico para que se tenha um diagnostico da gravidade da lesão

Related Posts

Facebook Comments