O Atlético Paranaense venceu por 2 a 0 o Corinthians, nessa quarta-feira (dia 3) à noite, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Furacão ficou em 6º lugar, com 30 pontos, um ponto abaixo do G4. A equipe paulista deixou a liderança e caiu para a 2ª posição, com 33 pontos.

O jogo era um duelo de invictos. O Atlético segue sem perder como mandante no Brasileirão 2016 (são sete vitórias e dois empates na Arena).

O Corinthians vinha de sete partidas sem perder na competição. Nenhum clube conseguiu uma sequência invicta tão longa como essa dentro do Brasileirão 2016.

WALTER
Os gols da vitória foram do atacante Walter. Ele chegou a 5 gols em 2016. O jogador disputou 33 jogos no ano. Em 2015, fez 11 gols em 38 partidas pelo Atlético.

PÚBLICO
O jogo registrou o terceiro melhor público do Atlético em 2016, com 25.379 pagantes. O recorde foi contra o Criciúma, na Primeira Liga, com 33.270. O segundo foi na final do Paranaense, contra o Coritiba, com 26.357.

TÉCNICO
O técnico Paulo Autuori completou 35 jogos no comando do Atlético, agora com 17 vitórias, 8 empates e 10 derrotas.

ESCALAÇÃO
O Atlético não tinha Weverton (na seleção), Cleberson (lesão), Nikão (lesão) e Luciano Cabral (lesão). O esquema tático foi o 4-2-3-1 de sempre, com Marcos Guilherme (direita), Vinícius (centro) e Pablo (esquerda) na linha de três.

O Corinthians não contava com André e Danilo e jogava no 4-4-2, com Lucca e Romero no ataque.

PRIMEIRO TEMPO
O Corinthians começou com marcação forte e avançada, tentando sufocar o Atlético. Não adiantou. O time paranaense mostrou qualidade nas bolas longas e criou quatro jogadas importantes até os 25 minutos. O técnico Cristóvão Borges sentiu e mudou de planos aos 27, tirando Marquinhos Gabriel e colocando Guilherme. Com isso, alterou a equipe para o 4-2-3-1 e passou a controlar o jogo.

SEGUNDO TEMPO
O Atlético abusou das bolas longas no segundo tempo e criou pouco dessa forma. O Corinthians ampliou seu domínio no meio-campo, mas esbarrou na eficiência do setor defensivo adversário. Entre os 21 e os 27, Autuori fez três substituições. Tirou o lateral-direito Léo, o velocista Marcos Guilherme e o meia-armador Vinícius. E colocou o lateral-direito Galhardo, o driblador Lucas Fernandes e o volante Rossetto. A bola longa rendeu gol ao Atlético aos 30 minutos. Paulo André lançou e Walter, livre na área, fuzilou. Em contra-ataque, aos 41, o Furacão fez 2 a 0. Lucas Fernandes avançou e rolou para Walter chutar.
ATLÉTICO-PR 2 x 0 CORINTHIANS
Atlético-PR: Santos; Léo (Galhardo), Paulo André, Thiago Heleno e Sidcley; Otávio, Hernani, Marcos Guilherme (Lucas Fernandes), Vinícius (Rossetto) e Pablo; Walter. Técnico: Paulo Autuori
Corinthians: Cássio; Fagner, Yago, Balbuena e Uendel; Bruno Henrique, Elias, Giovanni Augusto e Marquinhos Gabriel (Guilherme); Lucca (Marlone) e Romero. Técnico: Cristóvão Borges
Gols: Walter (30-2º e 41-2º)
Cartões amarelos: Léo e Lucas Fernandes (A).
Árbitro: Anderson Daronco (RS)
Público: 25.379 pagantes (27.982 total)
Renda: R$ 965.945,00
Local: Arena da Baixada

Related Posts

Facebook Comments