Cascavel sedia Paranaense de GR

A equipe de rendimento da Sadia participa de quinta a domingo, 20 a 23 de julho, do Campeonato Paranaense de Ginástica Rítmica, categorias pré-infantil e juvenil, em Cascavel. Os treinos oficiais serão na quinta e as disputas a partir de sexta-feira, com as finais por aparelho no domingo. A competição reúne delegações de todo o estado e para as atletas locais serve de preparação para o Campeonato Brasileiro, a próxima disputa das ginastas. A equipe de rendimento da Sadia vai participar da competição com cinco atletas no pré-infantil, quatro no juvenil nível I e uma ginasta no juvenil, nível II. A equipe desloca-se diariamente para a cidade vizinha, retornando ao final da tarde, ao término da programação do dia.

No pré-infantil, a equipe da Sadia será representada pelas atletas Alana Carolayne da Silva, Ana Júlia Oldoni, Fernanda Francieli Heinemann, Isabelle Novelli da Silva e Maria Eduarda Alexandre. No juvenil nível I participam Alanis Flach do Nascimento, Antonela Genuzio Paz, Geane da Costa Silva e Jessyka Eduarda Barbosa. No juvenil nível II, Nathália Tripper Lopes completa a equipe da Sadia na competição. Entre as atletas, três viajam na sequência para o Campeonato Sul-Americano de Ginástica Rítmica, que será realizado no Equador. É o caso de Geane Silva, que representa a categoria juvenil, e Ana Paula Oldoni, no pré-infantil. Antonella, que treina em Toledo há alguns anos, vai representar o seu país de origem, a Bolívia, na competição.

“Será um treinamento extra para estas ginastas”, avalia a professora Solange Martins Paludo, que treina a equipe pré-infantil. Ela é a coordenadora técnica do projeto de GR de Toledo, Anita Klemann, acompanham a equipe. Anita vai como técnica do juvenil, enquanto Solange do pré-infantil.  Segundo Solange, o Campeonato Paranaense é uma das mais importantes disputas do estado e serve de preparação para o objetivo maior da equipe da Sadia, que é o Campeonato Brasileiro nas duas categorias. Ela espera que o frio previsto para os próximos dias não atrapalhe a competição. “O risco de lesões é bem maior. É preciso que as atletas estejam bem aquecidas, evitando assim que se machuquem”, comenta a técnica.

Nos últimos dias, que coincidiram com o período de férias escolares das atletas, os treinos foram intensificados. As atletas estão treinando diariamente, pela manhã e tarde. O ritmo mais puxado, explica a professora, é necessário em função da série de competições que as atletas têm pela frente, incluindo o Campeonato Paranaense, Escolares, e Brasileiro.

O projeto de Ginástica Rítmica de Toledo, com 27 anos de atuação no município, é patrocinado pela Sadia, conta com as parceiras do Sesi, prefeitura de Toledo e  com o co–patrocínio de O Boticário e Sanepar, através de recursos obtidos pela da Lei de Incentivo ao Esporte do Ministério do Esporte/Governo Federal.

Posted in:
About the Author

Osires Nadal Júnior

Locução em autódromo, estádio, rádio, tv, palestra, cerimonial, formatura. Pauteiro, reporter, produtor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *