Depois de acumular uma derrota no Nordestre brasileiro frente ao Ceará durante o meio de semana, o Londrina encarou o Vila Nova-GO, durante a tarde deste sábado (11) no Estádio do Café, em mais uma rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Foi o primeiro confronto entre as duas equipes após a final da Série C do ano passado, quando os goianos levaram a melhor e ergueram o troféu de campeão.

Matheus e Luizão, junto com o goleiro Marcelo Rangel, tinham a missão de impedir os gols do Vila Nova. Mas foi o meio de campo que trabalhou bastante durante o primeiro tempo da partida. O técnico Claudio Tencati promoveu a estreia do meia Rondinelly, que já passou por clubes da Série A. Ele conquistou a vaga de Bidia. A mudança surtiu efeito.

Rondinelly tabelou bastante com Jô e Keirrison, que erravam bastante nas finalizações. Enquanto isso, o Vila Nova apostava nas jogadas comandadas por Pedro Carmona. Vandinho permaneceu isolado durante boa parte da partida, mas volta e meia brigava com os zagueiros do LEC. Logo aos dez minutos, o zagueiro Anderson levou cartão amarelo após puxar Rondinelly.

Marcelo Rangel salvou o Tubarão após um vacilo da zaga. O arqueiro espalmou para fora. Torcedores que comparecem em bom número ao Estádio do Café suspiraram com a boa defesa. A partida permaneceu truncada até os 30 minutos do primeiro, quando o lateral Léo foi sofreu falta dentro da área. O juiz marcou pênalti.

Rondinelly bateu e marcou. Porém, o árbitro não validou o gol porque o atacante Jô teria invadido a área. Confusos, jogadores cobraram explicações. O juiz alegou mudanças na regra para aplicar a medida. No final da primeira etapa, Rafael Gava recebeu cartão amareço, e está fora da próxima partida do Tubarão.

No segundo tempo, os times voltaram com a mesma formação. Rondinelly continuou se movimentando bem, mas Jô não soube aproveitar bem os passes. Keirrison, que já anotou três gols na Série B, não estava em noite inspirada. No esquema tático de Cuca, Vandinho permaneceu isolado. Nos lançamentos, Marcelo Rangel sempre levava a melhor.

Tencati decidiu mudar, e colocou, respectivamente, Marcelinho e Itamar nos lugares de Jô e Keirrison. Bastante ágil, Marcelinho correu bastante, e deu trabalho aos zagueiros do Vila Nova. A torcida chegou a vaiar Tencati na saída de Keirrison. Itamar fez questão de provar que ainda é decisivo. Em lançamento protagonizado por Igor, o centroavante cabeceou e mandou a bola para o fundo das redes de Wagner Bueno. Esse foi o terceiro gol de Itamar com a camisa do Tubarão.

A partida permaneceu movimentada, e o Londrina soube suportar a pressão. Retrospecto bom em campo que refletiu também nas arquibancadas. Mais de sete mil torcedores compareceram ao Estádio do Café depois da diretoria do LEC abaixar os preços para o confronto contra os goianos. No final do jogo, Victor Bolt, que entrou no lugar de Magno Silva, foi expulso após dividida com Itamar.

Related Posts

Facebook Comments