O jogador da Associação Maringaense de Vôlei de Praia (AMVP), Arthur Lanci, levou o Brasil ao lugar mais alto do pódio do Campeonato Mundial Sub-21 de Vôlei de Praia, realizado em Lucerna, na Suíça. Ele fez dupla com George, da Paraíba, e nesta segunda-feira (16) conquistou o título ao derrotar na  final os mexicanos Gaxiola e Rubio, por 2 sets a 0 (parciais de 21/17 e 22/20), em 37 minutos de partida.

Arthur Lanci e George foram campeões com uma campanha de respeito. Eles venceram os sete jogos que disputaram e perderam somente três sets. Com o resultado, a dupla repetiu o feito em 2014, quando levou o ouro do mundial, mas, na categoria Sub-19, em competição sediada em Portugal. A dupla foi comandada pelo técnico da AMVP, Robson Xavier, que valoriza os frutos do projeto conduzido em Maringá e não titubeia em afirmar que da Cidade Canção sairão muitos talentos que defenderão o País nos Jogos Olímpicos futuramente.

“É um sonho estar na seleção, depois participar de um mundial e ainda conquistar esse título e ter na equipe dois atletas que são ‘crias nossa’. Poder comandá- los é fantástico. O nível de trabalho que temos em Maringá é alto e por isso temos que agradecer o apoio de quem nos incentiva. É preciso lembrar que certamente desses garotos teremos os que participarão da Olimpíada de 2020 ou 2024. É só o início. O trabalho continua”, comentou o treinador.

Além de Arthur, outro representante da AMVP no Mundial Sub-21 foi Adrielson, que teve o carioca Matheus Maia como parceiro. A dupla  ficou na nona colocação.

Dobradinha
Assim como no masculino, o Brasil  ficou com o título do campeonato em areias suíças no naipe feminino. Na final, Duda e Ana (SE/MG) venceram as russas Makroguzova e Kholomina por 2 sets a 0, com duplo 21/18, em 33 minutos de confronto. A competição acontece desde 2001 e o Brasil é o maior vencedor, com 12 títulos.

Related Posts

Facebook Comments