Três anos após o UFC abrir espaço para lutas entre mulheres, a brasileiraCris Cyborg vai, enfim, estrear na organização. Nesta segunda-feira, a atual campeã peso-pena (até 65,8kg) do Invicta FC teve sua estreia confirmada para o UFC 198, evento do dia 14 de maio em sua cidade natal, Curitiba – o Combate.comhavia adiantado no início do mês quea lutadora negociava para integrar o card. Sua primeira adversária será a americana Leslie Smith, atleta do peso-galo (61,2kg); como o Ultimate não tem a categoria de Cyborg disponível para mulheres, a luta será disputada em peso casado de 63,5kg, no meio do caminho entre as duas divisões.

Cristiane “Cyborg” Santos é considerada por muitos a melhor lutadora de MMA de todos os tempos, e era a melhor lutadora que ainda não havia lutado no UFC. A veterana de 30 anos de idade foi derrotada apenas uma vez na carreira, em sua estreia profissional, e desde então arrasou todas as suas adversárias, com 15 vitórias, incluindo 13 por nocaute, e um “No Contest” (luta sem resultado) – uma vitória por nocaute em 2011 que foi anulada quando a lutadora foi flagrada em exame antidoping. Ela cumpriu suspensão de um ano pela violação.

Cyborg tem no currículo vitórias sobre nomes como Vanessa Porto, Shayna Baszler, Marloes Coenen e Gina Carano. A luta contra Carano, valendo o título do peso-pena do Strikeforce, foi a primeira luta feminina a ser evento principal de um torneio de MMA. Cyborg defenderia o cinturão duas vezes antes de ser flagrada no exame antidoping. Vendido ao UFC, o Strikeforce encerrou suas atividades pouco depois, e seus contratos passaram a pertencer à Zuffa, empresa proprietária do Ultimate. Contudo, sem sua categoria de peso na franquia – até hoje, o UFC tem apenas o peso-galo (até 61,2kg) e o peso-palha (até 52,2kg) disponível para mulheres – Cyborg assinou com o Invicta, onde disputou e venceu suas últimas cinco lutas, incluindo quatro valendo o cinturão do peso-pena.

Durante este período, a brasileira assinou novo contrato com o Ultimate, que tinha interesse em colocá-la para enfrentar Ronda Rousey, maior estrela feminina da companhia e com quem Cyborg nutriu rivalidade nos últimos cinco anos. Rousey, entretanto, foi derrotada por Holly Holm em novembro de 2015 e se afastou do octógono para se focar em outras atividades. Quando o UFC anunciou planos de realizar um evento em Curitiba em maio, Cris Cyborg logo entrou nos planos para integrar o card, e em seguida se iniciou a busca por uma adversária.

Leslie Smith foi a escolhida. A americana de 33 anos, companheira de treinos dos irmãos Diaz na academia do brasileiro César Gracie na Califórnia, vem de vitória sobre Rin Nakai no último dia 20 de março, na Austrália, e tem um cartel de oito vitórias, seis derrotas e um empate, incluindo duas vitórias e duas derrotas no UFC.

O UFC 198 acontece na Arena da Baixada, em Curitiba, no dia 14 de maio. Confira o card atualizado:

UFC 198
14 de maio de 2016, em Curitiba (PR)
CARD DO EVENTO (até agora):
Peso-pesado: Fabricio Werdum x Stipe Miocic
Peso-médio: Ronaldo Jacaré x Vitor Belfort
Peso-médio: Anderson Silva x Uriah Hall
Peso-meio-pesado: Mauricio Shogun x Corey Anderson
Peso-meio-médio: Demian Maia x Matt Brown
Peso-casado (até 63,5kg): Cris Cyborg x Leslie Smith
Peso-meio-pesado: Patrick Cummins x Rogério Minotouro
Peso-galo: John Lineker x Rob Font
Peso-médio: Thiago Marreta x Nate Marquardt
Peso-meio-médio: Warlley Alves x Bryan Barberena
Peso-leve: Francisco Massaranduba x Yancy Medeiros
Peso-meio-médio: Serginho Moraes x Kamaru Usman
Peso-pena: Renato Moicano x Zubaira Tukhugov

Fonte: Globo.com

Related Posts

Facebook Comments