Tricolor subindo

O Paraná derrotou o Figueirense por 1 a 0, nesta sexta-feira (16), na Vila Capanema. A partida era válida pela 8ª rodada da Série B do Brasileirão. Pela primeira vez na competição, o time paranaense venceu duas partidas seguidas – na rodada anterior, a vítima foi o Náutico, em Recife.

Com o resultado, o Paraná foi a 12 pontos e se aproximou da zona de acesso à primeira divisão. O Santa Cruz também tem 12 pontos, mas leva vantagem no número de vitórias. O Figueirense, por sua vez, somou o sexto jogo seguido sem vitória. A derrota marcou a estreia do técnico Marcelo Cabo.

Foi o oitavo jogo do time sob o comando do técnico Cristian de Souza. Nos outros, houve duas vitórias do Paraná, três empates e duas derrotas.

DESFALQUE

No jogo de sexta-feira, o Paraná perdeu o meia Guilherme Biteco por tempo indeterminado. Aos 11 minutos, ele pisou torto ao tentar driblar um adversário, caiu e não se ergueu mais. O jogador atuou as últimas seis partidas graças a injeções no joelho, mas essa lesão é diferente: lesão no tendão de Aquiles. A previsão inicial é de três meses sem jogar. Há a perspectiva dele passar por cirurgia.

TABELA

O próximo jogo do Paraná será nesta terça-feira (20). E será, teoricamente, o mais difícil desta Série B. O adversário é o Internacional, no Beira-Rio.

ESCALAÇÃO

O Paraná foi escalado no 4-2-3-1, com Guilherme Biteco, Robson e Minho compondo a linha de três meias. Felipe Alves foi o escolhido para o ataque. O time tinha o retorno do zagueiro Rayan, que não havia jogado contra o Náutico por ter ficado abalado com a morte do colega Jonas Pessalli, na segunda-feira (12).

About the Author

Osires Nadal Júnior

Locução em autódromo, estádio, rádio, tv, palestra, cerimonial, formatura. Pauteiro, reporter, produtor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *